Valor de Uma Voz

O Ministério da Educação aprovou materiais didáticos co-produzidos pela Editora Moderna e Ashoka que enfatizam a visão de que "Todos Somos Agentes de Transformação"
Value of Your Voice

O Brasil vem empreendendo um esforço nacional para reformular a base curricular do sistema de educação e assim passar da aquisição de conhecimentos segmentados por disciplinas para uma formação que viabilize diferentes trajetórias de aprendizagem, incluindo Projetos de Vida para cada estudante.  

Como parte deste esforço, a Ashoka estabeleceu uma parceria com o Grupo Santillana, uma das maiores editoras do mundo e proprietária da Moderna, a editora educacional líder no Brasil, para produzir novos conteúdos e ferramentas de aprendizagem. Um dos resultados desta parceria é justamente o novo livro Valor de Uma Voz, de autoria de Luana de Medeiros, Julciane Castro da Rocha, Helena Singer, Flavio Bassi, Douglas Ladislau e Marcelo Gomes. 

O livro propõe trajetórias de aprendizagem que possibilitem aos jovens assumir a responsabilidade por si mesmos e participar ativamente dos sistemas de decisão do mundo. São três módulos programáticos - Jornada da AutodescobertaJornada da Descoberta do Outro; e Jornada da Construção do Nós, que podem ser desdobradas ao longo dos três anos do Ensino Médio. O livro, que incorpora a visão da Ashoka Todos Somos Agentes de Transformação estará disponível para escolas públicas e privadas e faz parte do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD).   

Há mais de seis anos, a Ashoka no Brasil tem estabelecido parcerias estratégicas com governos, escolas de educação, sindicatos de professores, meios de comunicação e editoras com grande capilaridade para alterar a definição do que constitui sucesso na formação. A Santillana está presente em 132 mil escolas no território nacional, que atendem a 27 milhões de estudantes do ensino primário e secundário e contam com 1,7 milhão de professores. 

"A parceria entre a Ashoka e a Santillana não é corriqueira", diz Luciano Monteiro, Diretor de Relações Institucionais do Grupo Santillana Brasil. "Este livro resulta de uma abordagem única de co-criação. A nossa colaboração é baseada numa correlação de fins e confiança mútua. Os nossos esforços para criar recursos de aprendizagem que enfatizem o cuidado, a solidariedade, a responsabilidade para com o outro e o ambiente refletem os valores que prezamos". 

A Santillana e a Ashoka estão colaborando em torno da produção de materiais e metodologias educacionais que desenvolvam três competências: pessoal (autoconhecimento), social (empatia e relações interpessoais), e planejamento (imaginar o futuro enquanto praticamos a mudança).  

“Mais de 50% dos estudantes brasileiros utilizam pelo menos um recurso educativo desenvolvido pela Santillana", disse Monteiro. "Este livro é uma oportunidade de impactar a vida de cerca de 8 milhões de estudantes brasileiros. A parceria com a Ashoka nos aporta uma tecnologia social, que é aprender a navegar na mudança. O ganho para a Ashoka, assumimos, é precisamente a escala que proporcionamos, podendo acelerar o alcance da visão Todos Somos Agentes de Transformação". 

Os materiais educativos de o Valor de Uma Voz, compreendem um livro didático para o estudante, um guia do professor e três tutoriais em vídeo dirigidos aos três anos  do Ensino Médio. 

Value of Your Voice

“Este material estabelece novos padrões narrativos que conversam diretamente com os estudantes e estimulam o protagonismo dos jovens", diz Flavio Bassi, vice-presidente da Ashoka na América Latina. “Valor de Uma Voz atingirá potencialmente 1,5 milhão de estudantes em todo o país no próximo ano, ajudando professores e estudantes a estabelecer um novo caminho para a transformação e o autodesenvolvimento". 

Estes materiais educacionais serão relevantes a todos os educadores que orientem a construção do "Projeto Vida", que foi incluído no currículo do Ensino Médio pelo Ministério da Educação em 2017. O Projeto Vida trata de desenvolver as capacidades socioemocionais dos estudantes para que visionem e concebam um sonho para o seu futuro e para o mundo, permitindo-lhes realizar seus sonhos e construir um mundo melhor para todos. 

Esta abordagem educacional foi concebida para expandir o universo cultural do estudante, para que adquira uma consciência de si próprio e dos outros. Este exercício depende da confiança, da escuta ativa, do apoio familiar, do acesso ao conhecimento e da capacidade de interagir com a comunidade usando a comunicação oral e escrita, a fim de expressar e defender ideias e pontos de vista. Os estudantes aprendem a reconhecer os pontos fortes e fracos dos seus esforços para moldar o futuro, tornando-se assim cidadãos plenamente engajados que compreendem que a felicidade é uma empreitada coletiva.